4 dicas para montar um ateliê de costura

Trabalhar no mercado de vestuário é um desafio em tanto, você precisa adorar a moda, acompanhar suas tendências e criar formas de se destacar entre os concorrentes. Um dos grandes desafios desse mercado é criar um estilo que seja único, diferente do que as grandes indústrias têxteis oferece, que é sempre mais do mesmo. Por isso, se é algo que você gosta, uma boa ideia é montar um ateliê de costura.

Quem atua na área sabe bem que esse tipo de mercado é um empreendimento que não pára, pois a moda e suas tendências atiçam as pessoas a todo momento. Tanto é que os artigos de vestuários continuam na lista de itens necessários para os consumidores, segundo pesquisa realizada em fevereiro deste ano pela ABVTEX (Associação Brasileira de Varejo Têxtil).

Diferente de lojas e vitrines, em um ateliê de costura você consegue atender cada cliente de forma diferenciada, entendendo suas necessidade e entregando o que ele realmente busca. Tudo que você precisa é criar seu próprio estilo, criar seu sua identidade em uma peça de roupa capaz de encantar a quem se destina.

Se você quer trabalhar com esse nicho de mercado e já tem seu estilo, confira aqui 5 dicas para montar um ateliê de costura e consolidar sua marca.

Nicho específico

Quem busca um ateliê para confeccionar suas roupas com certeza quer algo exclusivo. Esse tipo de cliente não está em busca de um jeans básico ou roupas de malhas com cortes simples. Ele que tecidos diferenciados, cortes e costuras que fazem uma peça ser única e especial.

Trabalhar com um nicho específico é muito positivo, pois te permite se especializar em um determinado estilo, criar um público que se identifique com seu estilo, sendo cativo e fiel. Esse nicho tem mercado porque, se tratando de peças customizadas, é difícil encontrar profissionais que consigam produzir peças de roupas que traduzem sentimentos.

Para que isso seja possível, é fundamental realizar uma análise detalhada de necessidades, anseios, comportamentos e concepções dos possíveis clientes.

Estrutura

Quando você definir o local para criar seu ateliê de costura, será preciso pensar em toda estrutura necessária para que seu espaço funciona na mais perfeita ordem. Esse espaço deverá ter pelo menos 50 m², e você deve levar em consideração que 50% desse espaço será destinado para a linha de produção, mais estoque, escritório e recepção.

Na hora de montar e decorar, leve em consideração o perfil do seu cliente em potencial, para que o seu espaço seja confortável tanto para você como para ele. Esse espaço deve ser acolhedor, para que seus clientes sintam-se à vontade e queiram voltar. É muito importante que o ambiente seja climatizado com um ar condicionado fujitsu , para melhor atender os clientes.

Você também precisará de uma recepção agradável e bem decorada, já que é a porta de entrada do seu negócio. Pense em alguns mimos que você possa oferecer, como café, água, balas, revistas, TV, entre outros, e um espaço de prova e para tirar medidas.

Equipamentos

Sua estrutura para linha de produção dependerá do porte do empreendimento que você almeja investir. Mas, independente do ânimo que você esteja para dar início ao seu ateliê de costura, você precisará de uma estrutura que conte pelo menos com os seguintes itens:

Para a recepção – computador, impressora, telefone, balcão de atendimento, armários, prateleira, poltronas e ar condicionado.

Para o provador – espelho, arara, mesa e cadeiras.

Linha de produção – armários e prateleiras, organizador de aviamento, mesa para abrir costura e acabamentos de peças, máquina de corte, máquina de costura reta industrial, overloque, galoneira, máquina de costura interlock, máquina de costura pespontadeira, alinhador mini a laser com haste, cadeiras e ar condicionado

Divulgação do seu ateliê de costura

Quem trabalha no mercado de vestuários sabe bem que um dos grandes desafios é chamar a atenção do seu público alvo em meio a tanta concorrência. Sabendo disso, é muito importante você usar todos os recursos disponíveis para fazer sua publicidade e atrair seus clientes.

Crie estratégias diferenciadas de promoção de vendas, aproveite as formas de divulgação online, que possuem baixo investimento e ótimos retornos, quando bem feito, e baseie seu preço levando em consideração aspectos internos, como o custo, e externos, avaliando a concorrência.

Um ponto positivo dos negócios no ramo da moda é que existem datas comerciais que aumentam muito o movimento, como natal, ano novo, dia dos namorados, dia das mães, dos pais, etc.

Aproveite essas datas para alavancar seu negócio. Divulgue nas redes sociais, crie um site para divulgar suas peças, disponibilize seu whatsapp, participe de feiras e eventos de moda, se ligue nas blogueiras que são influenciadoras digitais e ofereça brinde para cativar seus clientes.

Seguindo todas essas dicas, com certeza você irá se destacar no mercado da moda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *