Os maiores imprevistos que enfrentei em viagens pelo mundo!

Viajar é maravilhoso! Mas sabemos, é um processo muito trabalhoso até conseguirmos chegar no hotel e começar a aventura em um novo lugar.

E quando algumas situações acontecem, acabamos lamentando toda a organização que a viagem precisava, não é mesmo?

Depois de tantos anos viajando, lembrei dos maiores imprevistos que enfrentei em viagens pelo mundo!

1 – Ficar sem bateria na frente da atração turística!

Imagina você maravilhada com Veneza, dentro de uma gôndola e, de repente, ficar sem bateria para registrar as maravilhosas imagens no seu smartphone.

Nada pode ser mais frustrante, não é mesmo? E muitas vezes nem podemos mudar a programação por causa deste imprevisto. Uma opção interessante são os carregadores portáteis que podemos usar imediatamente, o celular não precisa ser desligado e tem longa duração.

Assim os registros das atrações estão garantidos. Só não vai esquecer o carregador em casa, certo?

Outra dica é desabilitar recursos do celular que você não precisar para estender a carga – ficar buscando o wi-fi normalmente consume muita carga.

2 – Uma indisposição alimentar que pode estragar a sua viagem!

Uma das coisas mais interessantes nas viagens é conhecer a gastronomia local. Sempre existem sabores e temperos que valem a pena ser conhecidos.

Porém, também é comum o organismo sentir e precisamos estar preparados para uma emergência. Um seguro-saúde internacional é a melhor opção para poder usar os serviços médicos locais sem custo.

É importante conferir sempre as condições do seguro a cada novo destino de viagem e, se for o caso, ter uma reserva para os lugares onde você terá de desembolsar.

3 – Estar sem dinheiro em espécie!

Certamente todos nós preferimos as formas de pagamento que não sejam carregar dinheiro em espécie – cartões de crédito, travel checks.

Porém, é comum encontrar lugares onde estas opções não existem – e por coincidência, é aquela lojinha com os melhores souvenirs ou um café imperdível.

Aí descobrimos que estar com dinheiro – de verdade – na carteira é fundamental. Para evitar estas surpresas desagradáveis, faça um reserva de dinheiro para um câmbio na chegada ao lugar e aproveite melhor as coisas simples do lugar.

4 – Perder o voo por atraso no check-in!

O check-in é um processo muito simples hoje em dia, podemos fazer em casa, inclusive levar a confirmação no celular. Tudo sem papel e sem pegar filas.

Porém, muita gente confia no processo do aeroporto e muitas vezes perde um voo por causa das grandes filas ou, atrasos no trânsito.

Confie no processo pela internet, ele não é infalível (nada é) mas realmente funciona. Na verdade, os meus problemas de check-in sempre aconteceram nos aeroportos.

5 – Chegar no destino sem a hospedagem reservada!

Infelizmente isso é mais comum do que podemos imaginar: você chega na recepção do hotel e sua reserva não existe ou foi cancelada.

Com certeza, discutir com o hotel é o que devemos fazer, mas nem sempre funciona e a solução acaba sendo buscar outro lugar – e pagar bem mais por isso.

A dica é documentar cada passo do processo da reserva e prestar muita aos termos e condições que o hotel informar – ali pode estar uma cláusula que permite a eles não atender.

6 – Esquecer coisas importantes!

Quem nunca chegou numa cidade a milhares de quilômetros de casa e viu que tinha deixado a câmera fotográfica em cima da cama?

É muito frustrante e podemos evitar fazendo uma lista detalhada de tudo que deve ser levado na viagem. Tudo mesmo, da câmera aos remédios, e com dias de antecedência.

Desta forma, você pode ir adicionando – e também retirando – itens. Você vai se surpreender com o que estará nela!

7 – Ficar dias sem energia!

Em alguns lugares o fornecimento de energia pode ser instável e, de repente, o lugar está dependente de um gerador de energia!

E como, muitas vezes, os geradores são equipamentos pouco usados e isto prejudica o funcionamento – falta de uma manutenção simples que pode acarretar grandes prejuízo e o pior: o não funcionamento do gerador no momento em que mais precisamos.

Nesse caso, recomendo também levar sempre o contato de uma empresa especializada em manutenção de geradores, para não passar o mesmo apuro que eu.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *